10 Benefícios Surpreendentes dos Morangos Alpinos

Os morangos alpinos têm benefícios impressionantes, como a capacidade de aliviar a indigestão, hidratar o corpo, estimular o sistema imunológico, prevenir sinais de envelhecimento, estimular a atividade hepática, regular diabetes, baixar o colesterol, desintoxicar o corpo, ajudar a prevenir o câncer, aliviar a inflamação e tratar distúrbios respiratórios.

Há alguns efeitos colaterais a serem cautelosos, incluindo inflamação da pele, reações alérgicas e certos efeitos colaterais negativos em mulheres grávidas. No entanto, o uso moderado e a preparação adequada dessas frutas ajudam a evitar a maioria desses efeitos desagradáveis.

O que são morangos alpinos?

Os morangos alpinos são conhecidos por muitos nomes, incluindo morango silvestre e morango europeu, mas o nome científico dessas plantas é Fragaria vesca, ou Fragaria alpina, de acordo com alguns especialistas. Ao contrário dos morangos comuns ( Fragaria x ananassa ), que são um híbrido de membros do gênero Fragaria, esses morangos crescem na natureza e são consumidos pelos povos indígenas desde a Idade da Pedra. Os morangos alpinos também têm a reputação de serem mais doces, mais saborosos e mais fáceis de cultivar! Seus benefícios para a saúde são lendários e todas as partes dessas plantas foram usadas para algum tipo de aplicação medicinal. 

A maioria desses efeitos no corpo pode ser atribuída aos altos níveis de vitamina C, vitamina A, família potássio, taninos, flavonoides, proantocianidinas, compostos fenólicos e outros ácidos voláteis e antioxidantes.

Benefícios dos Morangos Alpinos

Os morangos alpinos não são tão usados ​​como no passado, mas ainda são benéficos para pessoas que sofrem de disenteria, gota, artrite, envelhecimento prematuro, pressão alta, colesterol alto, diabetes, danos no fígado, um sistema imunológico fraco e alta toxicidade. Essas bagas também ajudam a reduzir o risco de câncer, infecções respiratórias, indigestão, constipação e desidratação, entre outras.

Rico em Vitamina C

Os morangos alpinos são ricos em vitamina C, que é conhecida por estimular o sistema imunológico, estimulando a produção de glóbulos brancos, além de atuar como um antioxidante em todo o corpo. Tradicionalmente, esses morangos eram usados ​​para prevenir disenteria e deficiência de vitamina C, o que também ajudava a acelerar o reparo e a produção de colágeno.

Evitar o envelhecimento prematuro

O suco de morangos alpinos é rico em antioxidantes e muitas vezes é aplicado topicamente na pele para eliminar rugas e manchas de idade. Há agentes clareadores naturais em morangos alpinos, que também pode ajudar a esclarecer a pele, equilibrar a descoloração da pele e acelerar a cicatrização processo de feridas e insetos mordidas.

Regular a pressão arterial

Níveis moderados de potássio encontrados nesses morangos silvestres podem ajudar a baixar a pressão sanguínea e proteger a saúde cardiovascular. O potássio é um vasodilatador, o que significa que pode reduzir o estresse nos vasos sanguíneos e nas artérias, o que diminui o risco de aterosclerose, ataques cardíacos e derrames.

Evitar danos ao fígado

Quando o suco de morangos alpinos é consumido com o estômago vazio, é conhecido por estimular a função hepática e ajudar a curar os danos causados ​​pela cirrose e hepatite.

Embora as células do fígado regridam muito lentamente, o uso regular do suco de morangos silvestres pode acelerar esse processo de recuperação.

Controle Diabetes

Baixo em carboidratos e possuindo muitos compostos antioxidantes, os morangos alpinos têm sido associados a um menor risco de diabetes e melhor manutenção dos níveis de açúcar no sangue, tanto naqueles com diabetes quanto naqueles com alto risco de desenvolver esta doença.

Digestão de ajuda

As folhas da planta de morango alpino têm sido usadas para tratar problemas gastrointestinais, incluindo constipação, diarreia, náusea e altos níveis de acidez. Esta preparação de folhas também é excelente para estimular o apetite e melhorar a eficiência digestiva e a absorção de nutrientes.

Pode ajudar a prevenir o câncer

Existe uma ampla gama de flavonoides, compostos fenólicos, taninos e proantocianidinas em morangos alpinos. Esses polifenóis em extratos de morango iniciam certas atividades biológicas que ajudam a diminuir o risco de câncer de mama, de acordo com um estudo de 2016.

Desintoxicar o Corpo

As folhas da planta de morango alpino são conhecidas por terem propriedades diuréticas, e quando transformadas em chá, podem ajudar a desintoxicar o corpo e melhorar a função renal. O excesso de micção reduz o estresse nos rins e promove a eliminação do excesso de gorduras, sais, toxinas e água do corpo.

Manter a hidratação

Apesar de ter tantos nutrientes, os morangos alpinos também têm um alto teor de água, e essas bagas foram tradicionalmente escolhidas pelos viajantes na estrada, pois eles poderiam manter os níveis de hidratação e aumentar a energia.

Curar Garganta Inflamada

As folhas dessa planta podem ser fervidas em água por 4-5 minutos até que os ingredientes ativos sejam liberados, e então o líquido resultante pode ser bebido para eliminar a inflamação e a dor na garganta. Isso é particularmente eficaz para pessoas que sofrem de sintomas de gripes e resfriados, já que essa bebida também pode ajudar a reduzir o congestionamento.

 

Como comer morangos alpinos?

Você pode comer morangos alpinos da mesma maneira que comeria morangos comuns, misturados em salada de frutas, frescos quando colhidos à mão, ou adicionados aos topos de leite ou creme sobre as frutas, adicionar açúcar e, em seguida, esmagar as frutas para liberar o suco.

O sabor é muito pobre até que estejam idealmente maduros, o que é fácil de perceber pelo cheiro extremamente perfumado em torno dessas frutas. De fato, os compostos aromáticos liberados no amadurecimento podem encher uma sala inteira. As plantas não cultivam muitas bagas de uma só vez, ao contrário da sua prima mais comum, por isso são consideradas uma iguaria em muitas culturas, particularmente na Europa. 

Como crescer morangos alpinos?

Os morangos alpinos têm a reputação de serem difíceis de cultivar, mas isso não é necessariamente verdade. Eles são muito fáceis de cultivar a partir da diligentes em seus cuidados. Se você seguir estes passos simples, você pode ter uma adorável planta de morango alpina em seu próprio jardim até a próxima primavera! As melhores condições para cultivar morangos alpinos são o solo levemente ácido e bem drenado, exposto ao sol parcial e à precipitação regular.

  • Passo 1: Escolha a sua variedade de morango alpino (dependendo do clima em que vive, faça sua pesquisa sobre qual é a melhor cultivar – Alexandria, Ruegen, White Soul, Yellow Wonder, etc.)
  • Passo 2: Para germinar as sementes, coloque-as sobre um solo úmido e rico em ácido em um pequeno plantador. É importante manter o solo úmido em todos os momentos; até algumas horas de secura completa podem interromper o processo de germinação.
  • Passo 3: Uma vez que as sementes germinaram, coloque a plantadora em uma janela brilhante, onde pode receber muita luz solar. Se a germinação das sementes ao ar livre, garantir que as sementes estão bloqueadas do vento, mas não obstruídas da luz solar.
  • Etapa 4: Mantenha as sementes em germinação a uma temperatura entre 65 e 75 graus Fahrenheit para obter melhores resultados. Temperaturas mais baixas retardarão o processo de germinação.
  • Passo 5: Uma vez que as plantas começam a se formar, elas podem ser removidas do plantador e para o solo externo, mas essas plantas de morango são inconstantes, e muitas vezes não tomam a menos que o solo esteja idealmente ajustado às condições originais de crescimento.
  • Passo 6: Regue regularmente as plantas nos meses intermediários de crescimento, mas garanta o movimento do ar para que a umidade não cause podridão ou outras doenças comuns.
  • Passo 7: Após aproximadamente 4 meses, a planta deve dar o seu primeiro fruto delicioso!

 

Relacionado

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar

Últimos Posts