19 Melhores Benefícios do Kiwi

Kiwi, também conhecido como groselha chinesa, é uma deliciosa fruta que cresce em uma videira trepadeira. É popularmente conhecido pelo seu nome abreviado, ‘Kiwi’. Pertence ao gênero Actinídia, que inclui cerca de 60 espécies. Globalmente, as variedades mais consumidas são as ‘fuzzy’ e ‘golden’.

Os poderosos benefícios do kiwi incluem cuidados com a pele melhorados e saúde cardiovascular. Também pode ajudar a reduzir o risco, alguns tipos de câncer, degeneração macular e diabetes. Devido aos compostos ricos em flavonoides encontrados no kiwi, também ajuda durante a gravidez e promove a absorção de ferro no corpo. Além disso, as propriedades antimicrobianas do kiwi protegem contra uma variedade de patógenos e fortalecem o sistema imunológico.

O que é kiwi?

O kiwi é nativo da China, onde também é considerado a fruta nacional. Originalmente conhecido neste país como “Yang Tao”, é uma fruta de cor oval, ovalada e com uma textura difusa. A polpa interna é uma carne verde viva e brilhante, com um padrão radiante de espigas de cor mais clara, sardenta com algumas minúsculas sementes pretas comestíveis. Kiwis tem um sabor único e picante, com uma textura suave e cremosa.

Os principais contribuintes para a produção comercial desta fruta incluem Itália, Nova Zelândia, França, Japão, Chile e Estados Unidos. Depois de passar por vários nomes, a fruta foi finalmente em homenagem ao pássaro nacional da Nova Zelândia – a aparência pequena e marrom lembra o casaco de pele do pássaro kiwi marrom que não voa.

 

Porção : 100g 1 xícara, fatiada (180 g) 1 fruta (2 “dia) (69 g) 1 porção NLEA (148 g)
NutrienteValor
Água [g]83,07
Energia [kcal]61
Proteína [g]1,14
Lipídio total (gordura) [g]0,52
Carboidrato, por diferença [g]14,66
Fibra dietética total [g]3
Açúcares totais [g]8,99
Cálcio, Ca [mg]34
Ferro, Fe [mg]0,31
Magnésio, Mg [mg]17
Fósforo, P [mg]34
Potássio, K [mg]312
Sódio, Na [mg]3
Zinco, Zn [mg]0,14
Vitamina C, ácido ascórbico total [mg]92,7
Tiamina [mg]0,03
Riboflavina [mg]0,03
Niacina [mg]0,34
Vitamina B-6 [mg]0,06
Folato, DFE [µg]25
Vitamina B-12 [µg]0
Vitamina A, RAE [µg]4
Vitamina A, UI [UI]87
Vitamina E (alfa-tocoferol) [mg]1,46
Vitamina D (D2 + D3) [µg]0
Vitamina D [IU]0
Vitamina K (filoquinona) [µg]40,3
Ácidos graxos saturados totais [g]0,03
Ácidos graxos, monoinsaturados totais [g]0,05
Ácidos graxos polinsaturados totais [g]0,29
Ácidos graxos, trans total [g]0
Colesterol [mg]0
Cafeína [mg]0
Fontes incluem: USDA

Nutrição Kiwi

De acordo com o USDA National Nutrient Database, o kiwi é uma excelente fonte de vitamina C (ácido ascórbico). Outras vitaminas, incluindo vitamina A, ácido fólico, vitamina E (alfa-tocoferol) e vitamina K (filoquinona) também estão presentes nesta fruta. A decomposição nutricional do kiwi também inclui uma alta quantidade de potássio, como acontece com muitas frutas e legumes, juntamente com outros minerais, como cálcio, magnésio e fósforo. A fruta também contém antioxidantes e a vantagem adicional da fibra dietética. Uma dose de 100 gramas (cerca de meia xícara) de kiwi tem cerca de 61 calorias e 15 gramas de carboidratos. Assim, um pequeno kiwis armazena um tesouro de surpresas nutricionais.

Benefícios do Kiwi

A crescente popularidade dos kiwis dá credibilidade à sua incrível mistura, aparência única, sabor e ativos nutricionais. Benefícios da fruta para condições médicas podem incluir o seguinte.

Reduz os sintomas da asma

Devido ao alto teor de antioxidantes e vitamina C em kiwis, é conhecido por reduzir os sintomas da asma. Pode melhorar a função pulmonar e também previne sibilos entre crianças.

Ajuda na digestão

Kiwi prova nutrientes valiosos para manter um sistema digestivo saudável. É uma deliciosa fonte de fibra, que promove a digestão e mantém a saúde intestinal. A Dra. Margot Skinner, em seu livro de co-autoria “Bioativos em Frutas: Benefícios para a Saúde e Alimentos Funcionais” diz que os kiwis agora são amplamente reconhecidos por suas fortes propriedades laxativas, confirmadas por estudos clínicos controlados. ”Ela ajuda a aliviar a constipação estimulando o sistema intestinal. As propriedades laxativas naturais desta fruta – principalmente devido ao seu conteúdo de fibras – adicionam volume às fezes e tornam-na macia.

Um estudo realizado em kiwi revelou que é rico em actinidina enzima proteolítica, que é conhecida por melhorar a digestão de proteínas e facilita o movimento suave através do sistema digestivo. Polissacarídeos presentes na fruta ajudam a evitar a adesão de enteropatógenos e estimular as bactérias probióticas no cólon. Os extratos de kiwi promovem o crescimento do ácido lático, inibem o desenvolvimento da bactéria Escherichia Coli e ajudam a manter a saúde digestiva.

Aumenta a imunidade

O kiwi contribui favoravelmente para a regulação do sistema imune inato e adaptativo, de acordo com a literatura em Advances in Food and Nutrition Research. Isso é muito crítico para o funcionamento saudável do corpo. Consumo de kiwis ajuda no combate a infecções sazonais e outras doenças, atribuindo a sua ação antimicrobiana e antifúngica.

Extratos de kiwi mostraram exercer bacteriostática – impedindo a multiplicação de bactérias sem destruí-las contra vários patógenos, incluindo Staphylococcus aureus e Staphylococcus pyogenes. Kiwis ajuda na redução dos sintomas de gripes e resfriados e outras infecções do trato respiratório superior. Também exerce efeitos anti-inflamatórios e exibe a atividade de citocinas pró-inflamatórias.

Antioxidante e Vitamina C Rico

Kiwi oferece uma quantidade impressionante de vitamina C, componentes fenólicos e carotenoides que promovem a boa saúde. Um estudo comparativo envolvendo kiwi, laranja e toranja revelou que o kiwi contém propriedades antioxidantes mais fortes em comparação com o último. Atribuindo isso à presença de fitoquímicos nutritivos, tem a capacidade de proteger o DNA presente nas células do corpo contra o dano oxidativo causado pelos radicais livres, reduzindo assim o risco de inflamação e doenças.

Controla Diabetes

Kiwi tem um baixo índice glicêmico (GI), o que o torna adequado para diabéticos. Um estudo realizado em extratos de kiwi demonstrou que a ingestão dessa fruta ajuda a regular a adipogênese, que é essencial para prevenir o diabetes. A disfunção dos tecidos adiposos no corpo está fortemente implicada no desenvolvimento de resistência à insulina e diabetes.

 

Reduz a coagulação do sangue

De acordo com o estudo do Dr. Asim Duttaroy da Universidade de Oslo, na Noruega, o consumo de alguns kiwis diariamente ajuda a reduzir a resposta da agressão plaquetária ou o risco de coagulação do sangue. Este efeito fibrinolítico da fruta em seus vasos sanguíneos tem implicações para ajudar a prevenir o risco de distúrbios tromboembólicos e cardíacos, como a aterosclerose.

Regula a pressão arterial

Os compostos bioativos presentes nos kiwis podem ajudar a baixar os níveis de pressão arterial no corpo. Por isso, também ajuda a mitigar o risco de certas condições causadas pela pressão alta, incluindo derrames e ataques cardíacos.

Melhora a saúde do coração

Os kiwis são ricos em polifenóis protetores, que, junto com a vitamina C, a vitamina E e o potássio, ajudam a manter a saúde cardiovascular. Um estudo investigativo revelou que este fruto exerce atividades inibitórias que auxiliam na redução de triglicérides no sangue, melhorando assim a saúde geral do coração.

Promove a visão

O kiwi, sendo uma rica fonte de fitoquímicos luteína e zeaxantina, é adequado para o tratamento oftalmológico, diz um estudo do Dr. Olaf Sommerburg, do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da Universidade do Texas Medical Branch, EUA. Esses componentes úteis, juntamente com a vitamina A, protegem os olhos das cataratas, da degeneração macular relacionada à idade e de outros transtornos que destroem a visão.

Perda de peso

Com uma porção de 100 gramas de kiwis contendo apenas 55 calorias, eles se tornam ótimos alimentos para perda de peso. Seu sabor distinto também vem com fibra solúvel que promove a saciedade e, consequentemente, reduz as dores da fome.

Induz melhor sono

De acordo com um estudo, o kiwi é uma boa fonte de serotonina, o que ajuda a melhorar a qualidade do sono em adultos com distúrbios do sono. Também pode ajudar a melhorar o início do sono e a reduzir o tempo de vigília após o início. No entanto, mais pesquisas científicas são necessárias.

Esta fruta contém, naringenina, rutina, catequina e epicatequina, que modulam os receptores indutores do sono e são considerados um agente sedativo eficaz à base de plantas. Atribuindo a isso, o pelo de kiwi é um ingrediente potente para o desenvolvimento de.

Melhora a absorção de ferro

O kiwi é uma rica fonte de vitamina C e muitos fitoquímicos, como a luteína e a zeaxantina, que ajudam a prevenir distúrbios por deficiência de ferro. Um estudo comparativo publicado no British Journal Nutrition, realizado entre o kiwi e a banana, revelou que o consumo de kiwi, juntamente com um cereal matinal rico em ferro, resulta em um aumento significativo do ferro no organismo em comparação com a banana.

Benéfico na gravidez

Kiwi é uma fruta perfeita para uma mulher grávida, devido à abundância de folato na mesma. O folato ajuda a prevenir a ocorrência de defeitos do tubo neural em bebês em gestação e é essencial para o crescimento cerebral e cognitivo. Outros nutrientes vitais, como a vitamina C, E e K, juntamente com flavonoides presentes na fruta também contribuem para a saúde geral e desenvolvimento do feto e da futura mãe.

Cuidados com a pele

Kiwis ajuda a manter a pele saudável e suave, devido à sua contribuição significativa para o processo de síntese de colágeno. Contém vitamina C, que ajuda a pele a ficar firme e a acelerar a cicatrização de cortes e abrasões. A vitamina E no kiwi ajuda a reduzir as linhas finas e o aparecimento de rugas. Também ajuda a reduzir os efeitos nocivos da radiação ultravioleta na pele, enquanto os antioxidantes presentes nesta fruta funcionam como um e previnem a pele de degeneração precoce, mantendo-a rejuvenescida.

Previne Câncer

Os kiwis têm sido tradicionalmente confiados na medicina popular chinesa por sua eficácia na cura de vários tipos de câncer, como câncer de cólon, câncer de fígado, câncer de mama, câncer de estômago e câncer de pulmão. Segundo o Dr. Sachin Tyagi, da Bihar Agriculture University, extratos de kiwis inibem a proliferação de células cancerígenas e protegem contra danos endógenos ao DNA. A fruta funciona contra o câncer, sendo citotóxica para as células cancerígenas malignas, sem afetar as células normais e saudáveis. Os antioxidantes, carotenoides, vitaminas e fibras contribuem beneficamente para a eficácia do kiwi na prevenção ou cura de cânceres. A catequina, um fitoquímico presente no kiwi, ajuda a reduzir a toxicidade dos agentes anticancerígenos, estimulando a proliferação da medula óssea.

Trata a fibrose cística

Kiwis contém kissper, um peptídeo rico em cisteína, que pode ajudar a retardar a progressão.

Antifúngico

O kiwi é usado na preparação de produtos antimicrobianos para reduzir o desenvolvimento de resistência a medicamentos convencionais para infectividade bacteriana e fúngica.

Trata artrite

Atribuindo às suas propriedades anti-inflamatórias, o kiwi é valioso no tratamento da artrite reumatoide. Portanto, inclua esta fruta em sua dieta para trazer um toque nutricionalmente dramático à sua saúde.

Melhora o Equilíbrio Alcalino

A presença de minerais ricos em kiwi ajuda a neutralizar a acidez no estômago, reduzindo assim o desconforto e náuseas causadas por ele.

Como Servir Kiwi?

Os kiwis podem ser consumidos de várias maneiras, como mencionado abaixo.

  • Salada de frutas: Devido à sua aparência característica e sabor refrescante, kiwis pode trazer um estilo tropical incrível para o seu prato de salada de frutas.
  • Produtos de padaria: Kiwi nutritivo-denso pode ser usado como um ingrediente funcional para preparar produtos de padaria com um fator de saúde reforçada.

Ele contém enzima papaína amaciante que é útil para quebrar os tecidos fibrosos de carnes duras. No entanto, por essa mesma razão, o kiwi não combina bem com produtos à base de gelatina. A enzima papaína também é conhecida por ter um efeito coagulante no leite. No caso, você pretende usar o kiwi em qualquer laticínios ou produtos à base de gelatina, cozinhe por um tempo para neutralizar as enzimas.

Como selecionar e armazenar Kiwi?

  • Pegue os kiwis que são macios e firmes e evite aqueles com hematomas ou manchas úmidas. Kiwi maduro cederia a pressão suave.
  • Se você comprou kiwis crus, eles podem ser amadurecidos mantendo-os à temperatura ambiente longe do calor ou da luz solar por alguns dias ou colocando-os com uma maçã ou banana em um saco de papel para acelerar o amadurecimento.
  • Kiwi maduro pode ser armazenado na geladeira por algumas semanas.

Efeitos colaterais

Kiwis podem apresentar alguns efeitos colaterais, incluindo o seguinte:

  • Reações alérgicas: As reações alérgicas podem variar de uma leve alergia oral a condições fatais, como anafilaxia, que podem ser fatais. Estudos sugerem que a presença de alérgenos significativos nos kiwis pode causar reações graves predominantemente em crianças pequenas.
  • Oxalatos: O kiwi é uma fonte de cristais de oxalato raphide. O consumo excessivo de alimentos ricos em oxalato, como o kiwi, pode representar uma ameaça ao desenvolvimento de cálculos renais de oxalato de cálcio em alguns indivíduos. Pode também interferir com a absorção de certos nutrientes, incluindo cálcio e magnésio no organismo.

Outros efeitos colaterais

    • Síndrome de alergia oral (OAS)
    • Diarreia
    • Alergia ao látex
    • Problema de pancreatite
    •  
    • Distúrbios hemorrágicos

 Mulheres grávidas ou amamentando devem consultar seu médico antes de comer esta fruta. A fruta tem qualidades naturais de afinamento do sangue, sem quaisquer efeitos colaterais, como a aspirina, mas ainda assim, a moderação é aconselhada.

Relacionado

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar

Últimos Posts